MENSAGEM DO PÁROCO – 11º DOMINGO DO TEMPO COMUM

Caros irmãos e irmãs, apesar do isolamento social e esse tempo de penúria e sofrimento, celebramos bonitos mistérios e momentos especiais em nossa fé e prática religiosa, mesmo ficando em casa enquanto igreja doméstica!
Neste domingo retomamos o Tempo Comum, desejando intensamente voltar à normalidade da vida e que tudo concorra para o nosso bem, nossa saúde, paz, segurança, enfim que seja um tempo oportuno!
Celebremos bem alegres a vida de Deus e a nossa vida como povo a caminho, povo de sacerdotes, capaz de oferecer um sacrifício espiritual agradável a Deus!
A boa notícia do Evangelho de hoje é a compaixão de Jesus para com as multidões e o grande convite que Ele faz aos seus discípulos e a cada um de nós para sermos missionários(as) do Reino de Deus!
Sabemos que Jesus realizou em toda sua vida a compaixão amorosa de Deus para com os pobres e sofredores, curando os doentes, ressuscitando os mortos, purificando os leprosos, expulsando os demônios.
Continuar a missão de Jesus significa viver na busca de Deus e da sua justiça, viver uma espiritualidade da compaixão, aprendendo a olhar uns aos outros como uma mãe olha o seu filho.
Que o Senhor nos envie seu Espírito e nos dê a graça de fazermos da compaixão o eixo da nossa vida, vivendo sempre em comunhão e a serviço do Reino, espalhando a boa semente da Palavra.

Jesus sempre nos surpreende!… O seu Evangelho é uma palavra positiva, um outro mundo é possível e ainda existe fé na bondade humana.
Jesus nos chama para ajudá-lo.
Pelo batismo todo cristão é chamado e enviado para ser um trabalhador da messe.
Cada um de nós recebe a mesma missão dos 12: “Anunciai que o Reino dos céus está próximo”…
Deus se aproxima do nosso entusiasmo, piedade e compaixão para salvar vidas, Jesus é o Senhor do mundo, Ele tem o mundo em suas mãos!
A história não tem fim, ela caminha para uma primavera repleta de frutos!
Cada um de nós é um pedaço de terra boa, semeada com os dons divinos, existe um mistério entre o nosso coração e o coração de Deus, no qual não podemos intervir, mas somente admirar e agradecer.
Busquemos conhecer e encontrar o SENHOR, pois o trabalho maior é Ele quem faz.
Vamos colher os frutos de justiça, paz e confiança, convertamo-nos em apóstolos, cada um(a) seja o 13º apóstolo, o 5º Evangelho…
Ser apóstolo é transparecer convicção, admiração e paixão por Jesus Cristo, viver com coragem, força e energia, transmitindo aquela paz que ilumina os olhos e diz uma palavra nova que seduz o coração, cura a vida ou pelo menos cura-se a si mesmo. 

Nós Te bendizemos, Pai, nós Vos damos graças, porque nos deste a maior prova de amor, enviando ao mundo Vosso Filho Jesus, e por meio d’Ele, nos reconciliastes convosco.
Nós Vos pedimos humildemente por todas as vítimas da Covid-19…
Salvai-nos desta pandemia e livrai-nos deste mal e, pela vida de Cristo ressuscitado, justificai-nos pelo dom do Espírito Santo!
Nós Vos damos graças pela bondade de Jesus, porque Ele cuidou das multidões humanas quando estavam fatigadas e abatidas, como ovelhas sem pastor.
Nós Vos bendizemos pelo envio dos Apóstolos e pela vossa Igreja presente no mundo inteiro.
Senhor da Messe, nós Vos pedimos, enviai operários para Vossa messe, e tornai-nos acolhedores do Reino dos Céus que está bem próximo.
Eis o que disse outro dia o Papa Francisco, falando de Santo Antônio: “Precisamos da sua santa inquietação, ‘eu vejo meu Senhor’”.
Precisamos ver o Senhor no rosto de cada irmão(ã), oferecendo a possibilidade de encontrar na Vossa Palavra e na Eucaristia a força para tocar a própria vida.
Precisamos voltar ao encontro com Cristo, “ser humano em plenitude”, numa verdadeira ação de amor!
O mundo deve saber que é amado e redimido pela salvação oferecida por Jesus, morto e ressuscitado, precisamos avançar no caminho da conversão missionária e edificar uma Igreja “em estado permanente de missão”, abrindo nossos corações à jubilosa novidade do Evangelho, com renovado ardor, confiança e esperança.

Padre Gildásio do Espírito Santo Lima Tanajura
Paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho – Mooca

2 Comentários

  1. Muito bom Pe. Gildasio pedindo a Deus Nosso Pai todas as graças e proteções nessa etapa da vida que estamos atravessando e Jesus pela sua compaixão vai escutar os pedidos feitos e ajudar nosso povo.

    Responder
  2. Amém! E que nosso Pai continue nos abençoando e ajudando a passar por momentos tãos difíceis, mas que na fé serão superados, pois está conosco e não nos desampara nunca. A nossa missão é ajudar ao próximo para que tenha também esperanças de dias melhores. Em nome de Jesus!!

    Responder

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *